Como o sono interfere na preparação para concurso

woman-2197947_1280

Estudo realizado pela Universidade de Lubeck apresenta como o sono é decisivo para quem precisa aumentar a sua capacidade de memorizar grande carga de conteúdos. Não basta ter acesso aos melhores métodos de estudo ou aos mais brilhantes professores, uma qualidade de vida saudável também é fundamental para a preparação.

A seguir, vamos apresentar hábitos saudáveis. O que há de mais relevante para você que está buscando o seu cargo público será encontrado doravante, baseando-se especialmente na pesquisa científica sobre o grande papel do sono no aprendizado:

1 A importância dos hábitos saudáveis

2 Vida social

3 Exercícios físicos

4 Alimentação

5 Sono

1 A importância dos hábitos saudáveis

Você é o que come, o quanto dorme, com quem anda… Enfim, você é constituído por seus hábitos. Por isso, do que adianta comprar o melhor curso para concurso se não há qualidade de vida?

Boas relações com as pessoas à sua volta, um corpo saudável, alimentos balanceados e equilibradas noites de sono melhoram a autoestima, formando uma mente saudável. Uma mente saudável é capaz de aprender mais e funcionar melhor diante dos desafios apresentados pelo concurso.

Portanto, a partir de agora, cuide bem da sua rotina de estudo, mas também dê a devida atenção à sua vida pessoal.

coffee-2351440_1280

2 Vida social

Muitas pessoas pensam que se dedicar ao estudo para concurso implica em deixar de lado os amigos e a família. Obviamente, não é recomendável a manutenção de uma vida social que sufoca ou que exige exclusividade, impedindo assim a dedicação ao estudo durante, pelo menos, 4 horas.

Mas uma vida social moderada, focada especialmente nos fins de semana e algumas horas dos dias úteis, não apenas auxilia mas também é fundamental para a boa qualidade do estudo. A literatura científica na seara da psicologia demonstra como as relações saudáveis dão gás e motivação para superar os desafios da vida.

Se o seu desafio é o concurso público, não esqueça as pessoas que você ama e as tenha por perto. Vai fazer bem para elas e para você. Na melhor forma de estudar para concurso, explicamos em maiores detalhes a importância da vida social na preparação, recomendamos a leitura.

3 Exercícios físicos

Os exercícios físicos, além de serem responsáveis pela liberação de hormônios do prazer, o que potencializa a energia para perseverar na rotina de estudo, ainda são importantes para lhe dar maior resistência física. Assim, você consegue ficar horas sentado estudando e respondendo à prova do certame ao qual você será submetido.

Como se não bastassem estes benefícios, atividades físicas aumentam exponencialmente a capacidade de memorização. Como você pode deixar de lado um hábito tão saudável para o seu estudo e o seu corpo? Não abra mão de movimentar-se frequentemente, mas também mantenha uma rotina intensa de estudo.

No entanto, você poderia afirmar: não é fácil conciliar tantas atividades. É verdade, mas é possível. Em plano de estudo para concurso, ensinamos de forma prática como criar uma organização de horário que equilibre os compromissos do dia, de modo que você realiza tudo com qualidade e sem sobrecargas.

pencils-2409975_1280

4 Alimentação

A alimentação saudável é indispensável para ampliar a capacidade cognitiva. A alimentação equilibrada está ligada ao bom funcionamento do sistema digestivo e, consequentemente, neurológico.

Por isso, quem alimenta-se bem dorme melhor, exercita-se melhor e memoriza melhor. É um ciclo formado. Se você exercita um destes aspectos de modo negligente, também prejudica todos os outros.

A boa alimentação também deve ser frequente para que você não sinta fome durante o estudo. Isto implica em desconcentração, o foco sai do estudo e perde-se em meio aos pensamentos sobre a sua necessidade por comida. Não abra mão de estar sempre saciado.

Para alcançar um maior aprofundamento no assunto, leia o que estudar para concurso sobre alimentação e estudo para concurso.

alarm-clock-1193291_1280

5 Sono

O estudo científico citado no início do presente artigo demonstrou como dormir auxilia na consolidação da memória. O resultado foi obtido mediante experimento que testava voluntários. Eles eram desafiados a lembrar uma sequência de cartas.

Depois de ver as cartas, um grupo cochilou, outro ficou conversando e um terceiro manteve-se lendo revistas enquanto aguardavam quarenta minutos, tempo de duração da experiência. Transcorrido este lapso temporal, os pesquisadores verificaram que 60% daqueles que permaneceram acordados lembraram a sequência de cartas, enquanto que 80% dos que tiraram uma soneca conseguiram recordar.

Em um segundo teste, a lembrança da ordem das cartas deveria ocorrer 8 horas depois de sua visualização. Aqueles que dormiram ao longo deste tempo alcançaram um percentual de acerto de 58%. Por outro lado, quem permaneceu acordado atingiu o desempenho de apenas 17%.

Este estudo demonstra como é importante ter boas noites de sono para aprender aquilo que foi estudado. Muitos concurseiros pensam que devem dormir pouco para aproveitar o tempo de preparação. Acabam cansados na hora de estudar e produzem quase nada. Na verdade, o sono é parte da preparação. Por isso, não abra mão de dormir durante, em média, 8 horas a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *